Homenagem do CRECISP aos Profissionais de Saúde

Atuação de membros do Conselho reitera o valor dos profissionais

Matéria publicada no jornal O Estado de S. Paulo em 21/11/2020


Quando ingressam na carreira de corretor de imóveis, muitos profissionais não sabem que o CRECISP conta com diversas comissões e grupos de trabalho, compostos por inscritos que dedicam parte de seu tempo às atividades socio-administrativas da entidade.

No que diz respeito à área corporativo-social, por exemplo, o Conselho tem representantes nos grupos de Divulgação, Pesquisa, Mulher Corretora, Informática e Trabalho Social. Cada membro desenvolve importantes atividades, destacando o caráter humanitário e de grande envolvimento social dos corretores de imóveis.

E essa participação voluntária dos profissionais também se estende às questões relacionadas à categoria. As pessoas que desejam se tornar corretores, por exemplo, têm seus pedidos de inscrição verificados pela Coapin – Comissão de Análise de Processos Inscricionários.

Além disso, os corretores também desenvolvem atividades na área de Loteamentos, Conciliação (Jucon), e Ética e Fiscalização Profissional (Cefisp). E nesse ponto, as videoconferências têm contribuído muito para a continuidade dos trabalhos. As salas virtuais reúnem membros de diversas cidades para o julgamento de processos originários de autos de infração, elaboração de relatórios, atribuindo, eventualmente, as sanções adequadas.

O mês de novembro nem terminou e os números das CEFISPs já indicam o sucesso dessas ações: em duas semanas, as comissões das cidades de São José do Rio Preto, Sorocaba, São José dos Campos, Caraguatatuba, Rio Claro, Santos, Marília, Americana e São Carlos, além das 4 turmas da Capital julgaram 1.028 processos.

Para o presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto, os mais de 2.000 profissionais que atuam pelo Conselho – entre delegados, conselheiros, e membros de comissões e grupos – têm peso decisivo, reafirmando o comprometimento com a categoria e com a sociedade. “Há uma dedicação de tempo, um interesse pelas questões que envolvem o segmento imobiliário e um empenho desses colegas, para que a profissão seja cada vez mais valorizada.”