Homenagem do CRECISP aos Profissionais de Saúde

Golpista visitava imóveis para tirar fotos e anunciar venda falsa

Por Mariana Rosetti, da Agência Record


Uma mulher foi presa no dia 7/10, suspeita de praticar golpes no mercado imobiliário, no Sacomã, zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, existiam três mandados de prisão expedidos contra ela. Durante as investigações, a polícia descobriu que a mulher buscava anúncios de imóveis na internet, e marcava uma visita com os corretores. Já no empreendimento, tirava várias fotos e se mostrava interessada em fazer negócio.

Com as imagens do interior dos imóveis em mãos, ela criava outro anúncio nas redes sociais, com o valor do empreendimento inferior ao do corretor inicial. Isso atraía os consumidores. Ela marcava um encontro, mostrava fotos do empreendimento, e chegava a levar o investidor até a frente do imóvel. Ela também dava conta de inventar uma desculpa convincente sobre não poder acessar o interior do edifício.

Por ser um valor inferior ao do mercado, ela pedia um sinal ao investidor, que variava entre 10 mil, ou 20 mil, dependendo da construção. As vítimas, com medo de perder o negócio, pagavam esse valor e só depois percebiam o golpe. A mulher é investigada em, pelo menos, oito inquéritos que apuram o mesmo crime, segundo o investigador que está à frente do caso.