Homenagem do CRECISP aos Profissionais de Saúde

CAIXA anuncia resultados do crédito imobiliário durante a pandemia

Encontro aconteceu no dia 02/07

Em videoconferência realizada no dia 02 de julho, o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, e o vice-presidente de Habitação, Jair Mahl, apresentaram os números obtidos pelo crédito imobiliário no primeiro semestre de 2020.

Os resultados demonstram que, mesmo com o isolamento social e a crise econômica que se instalou em decorrência da COVID-19, as famílias brasileiras não abandonaram o sonho da casa própria.

De janeiro a junho deste ano, o banco concedeu um total de R$ 48,21 bilhões de reais em financiamentos imobiliários contra R$ 39,61 bilhões no mesmo período de 2019, o que representa um aumento de 21,73% na liberação de crédito para esse segmento.

Segundo os dados apresentados, a CAIXA tem assinado, em média, 2000 novos contratos por dia, já beneficiando cerca 873 mil famílias em 2020. No que diz respeito ao Minha Casa Minha Vida, as contratações passaram de R$ 4,8 bilhões em abril para R$ 6,4 bilhões em junho, e totalizaram 172 mil novas unidades habitacionais neste semestre.

Os resultados positivos não impediram que o banco também voltasse suas preocupações para os mutuários em dificuldades financeiras. Com isso, a CAIXA concedeu, ao longo da pandemia, pausa de 4 meses no pagamento de 2,4 milhões de contratos habitacionais. Além disso, 26 mil novos contratos foram assinados sob a garantia de 6 meses de carência para o pagamento da primeira parcela do financiamento.

O presidente Guimarães se mostrou muito otimista e afirmou que esse é um retrato que traz boas perspectivas para as famílias nos próximos meses.

O vice-presidente da CAIXA disse que a instituição também tomou medidas de incentivo aos novos mutuários, como a possibilidade de os contratos incluírem as custas cartorárias e o ITBI no financiamento. “Cerca de 3.000 famílias já foram beneficiadas com essa medida, e puderam empregar esse recurso em outras necessidades, como na mobília do imóvel, por exemplo.”

Também participaram da videoconferência o presidente e o conselheiro da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC), Luiz Antonio França e Rubens Marin, respectivamente; o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins; e o vice-presidente da Comissão de Habitação de Interesse Social, Carlos Henrique Passos.

Para o setor da construção civil, o banco implantou uma série de medidas específicas com o intuito de otimizar o fluxo de caixa das construtoras e fomentar o mercado imobiliário.