Homenagem do CRECISP aos Profissionais de Saúde

Locação também em queda

Matéria publicada no jornal O Estado de S. Paulo em 04/07/2020

O enfrentamento da pandemia trouxe impactos negativos também para os aluguéis de imóveis residenciais usados da Capital. A queda foi de 23,49% no número de casas e apartamentos alugados em abril e maio na comparação com março. Os valores para locação diminuíram nesse período, com queda de 2,89%.

Chama a atenção o volume de chaves devolvidas em abril e maio que é equivalente a 161,88% a mais que o número de novos contratos de aluguel desse período.

“Importante ressaltar que 90,08% dessas devoluções se deram por motivos financeiros”, comentou o presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto. “Já esperávamos um cenário como esse, haja vista que grande parte dos inquilinos com dificuldades tentou negociar uma redução nos valores pagos, mas nem todos conseguiram acordos. Aí, só restou a opção pela devolução das chaves e busca por alternativas de moradia.”

Viana afirmou a partir de agora, a previsão é de um aumento no trabalho das Juntas de Conciliação oferecidas pelo CRECISP. “Haverá, certamente, uma procura maior pela mediação de conflitos entre locadores e locatários, com a assessoria dos corretores.”