São Paulo, 29 de junho de 2017 - Bom Dia - Seu IP: 54.224.255.158

COLUNA OESP
18/05/2017
Texto veiculado no jornal O Estado de São Paulo dia 20/05/2017
TJSP inaugura unidade na sede do CRECISP

Foto: Natacha Marcatto Kussano

``Estamos satisfeitos com essa parceria muito exitosa, com profissionais extremamente respeitados pela sociedade, e com o CRECISP, que é uma instituição de grande credibilidade.`` Foi dessa maneira que o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, celebrou a instalação de um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), nas dependências do Conselho.
A solenidade de inauguração aconteceu no dia 16 de maio, na sede do CRECISP, e foi prestigiada por desembargadores, presidentes de Conselhos de Fiscalização, conselheiros, advogados e, especialmente, corretores de imóveis, que têm demonstrado grande interesse em atuarem como conciliadores.
A mesa foi composta pelo representante máximo do TJSP, pelo presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto; pelo desembargador José Carlos Ferreira Alves, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJSP; o juiz Ricardo Pereira Júnior, coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania Central; o defensor público Tiago Augusto Bressan Buossi; o juiz Fernando Figueiredo Bartoletti, chefe do Gabinete Civil da Presidência do TJSP; e pelo presidente da CDHU, Carlos Alberto Fachini, que representou o Secretário de Estado da Habitação.
Um dos principais problemas que a Justiça enfrenta diz respeito à morosidade e à grande quantidade de processos que são instaurados anualmente. O País conta com cerca de 100 milhões de ações em tramitação e em São Paulo o número já chega aos 27 milhões. Por conta desse cenário, tornou-se imprescindível que se buscassem novas formas de trabalho com vistas a evitar litígios e processos que se estendessem por muitos anos. Assim surgiram métodos alternativos para a solução de conflitos que atendem a vontade das partes envolvidas e que vão além das decisões judiciais.
Ao optar pela conciliação como forma de ampliar o acesso do cidadão à justiça, o TJSP achou por bem estabelecer, então, os CEJUSCs com o objetivo de disseminar uma cultura de paz, dando maior celeridade à resolução de problemas.
Segundo Ricardo Pereira Júnior, a instalação de um Centro no CRECISP é mais uma semeadura de um novo foco de conciliação que vai atender às principais demandas da sociedade, em especial as relacionadas ao mercado imobiliário. ``A política pública é a de acolher entidade setoriais que possam, efetivamente, receber reclamações e resolvê-las administrativamente, antes que haja a sua judicialização perante o Poder Judiciário.``
O desembargador José Carlos Ferreira Alves comentou sobre os ótimos resultados já obtidos com a implantação dos CEJUSCs. ``Em todos os lugares onde há centros para a solução de conflitos, o declínio das ações propostas é altamente significante. E para nós, do Poder Judiciário, isso representa uma satisfação, ao vermos o jurisdicionado resolvendo seus problemas. A falta de uma judicialização representa a certeza de que o problema foi resolvido.``
O presidente do CRECISP demonstrou grande satisfação com a inauguração do posto avançado do Tribunal, afirmando que essa é a realização de um sonho antigo e que vai ao encontro do próprio papel que o corretor assume no exercício de sua atividade. ``O corretor de imóveis é um conciliador nato, porque atende duas partes que têm interesses antagônicos e o profissional fica no meio, como anteparo, sem pender para nenhum lado específico da negociação.``
O presidente do TJSP reiterou a importância da parceria entre as entidades e disse estar ciente de que ela renderá os melhores frutos à sociedade. ``Esta é uma reunião de pessoas comprometidas com uma política pública importante e com a cidadania. Quando implantamos essa política de maior acesso à cidadania, temos a certeza de que estamos fazendo justiça. Temos a missão de promover a paz social e isso também pode ser promovido quando fomentamos o diálogo entre as pessoas. Esse é o principal objetivo dos CEJUSCs.``


CRECISP :: Conselho Regional de Corretores de Imóveis 2ª Região
Rua Pamplona, 1200 - Jardim Paulista - São Paulo/SP - CEP 01405-001
CNPJ 62.655.246/0001-59